Business plan para restaurante: como escrever adequadamente

Business plan para restaurante: como escrever adequadamente

Todo empreendedor de sucesso precisa de um plano para o negócio. É por isso que devemos saber escrever um business plan para restaurante.

Essa atividade visa principalmente atingir dois objetivos: o primeiro é atrair investidores e parceiros apresentando um sumário de qualidade do seu negócio, e o segundo é modificar determinados aspectos do plano que não estão gerando frutos.

Se você é um empreendedor novo no ramo, vai precisar de um business plan para restaurante. Se o seu negócio já tem idade e você ainda não investiu nisso, não perca mais tempo!

Aqui, vamos te mostrar tudo que um bom business plan para restaurante deve ter. Confira a seguir.

Descrição do restaurante

A descrição do restaurante é usada para ter uma visão mais geral do seu negócio. Quando estamos falando de investimentos, é necessário tornar a sua descrição atrativa e interessante.

Você precisa detalhar ao máximo o seu estabelecimento, as atividades, a sua missão e os seus objetivos finais com a gestão. É interessante colocar mais informações sobre a marca, o logo e a escolha de ilustração (se houver).

Pense nessa descrição como uma entrada do seu business plan para restaurante. O que um investidor gostaria de saber para começar a estudar o seu negócio? Quais são os principais pontos tratados? Esse tópico deve responder às perguntas anteriores.

Cuidado para não tornar a descrição muito vendedora. É claro que precisamos atrair futuros parceiros, mas você não quer parecer insistente demais. Isso pode afastar investidores sérios e dedicados ao ramo de atuação.  

Análise do mercado consumidor

Na análise do mercado consumidor, você deve detalhar ao máximo todas as suas pesquisas de público, de área de atuação e até da concorrência. Assim, o seu business plan para restaurante pode se tornar mais completo.

A seguir, vamos te mostrar alguns dos principais elementos dessa análise:

  • Área de atuação: aqui, você contará aos investidores mais sobre a localização do estabelecimento. Se seu restaurante possui um sistema de delivery, você deve mencionar estudos sobre a área de atuação das entregas.
  • Concorrência: com certeza, você já pesquisou sobre os outros restaurantes do mesmo ramo. É hora de contar o que você achou, quais são as ameaças da concorrência e qual é o seu diferencial. Essa última parte é muito importante para definir os rumos de um investimento.
  • Público: o seu business plan para restaurante não estará completo sem uma boa análise do público. Quem vai ao seu restaurante? São famílias com crianças? São jovens empenhados em curtir o fim de semana?
  • Marketing: você precisará informar as suas estratégias de vendas e de divulgação. Elas podem ser de diferentes tipos, como panfletos ou campanhas online. Você deve detalhar ao máximo esse tópico para não deixar dúvidas.

Viu como é fácil construir essa parte do seu business plan para restaurante? Não deixe de acrescentar o máximo de informações conseguidas!

Produtos e serviços

Os produtos e serviços de um restaurante também podem ser conhecidos como “operação de negócios”. Independentemente do nome, você deve acrescentar as informações a seguir ao seu business plan.

Aqui, você coloca informações mais técnicas do funcionamento do estabelecimento. A quantidade de funcionários que atuam em diferentes serviços, por exemplo, deve ser relatada com detalhes.

Não se esqueça de mencionar o número de operações dentro do seu empreendimento (cozinha, atendimento, administração, entre outros).

Você também deve relatar o horário de funcionamento do estabelecimento e do sistema de delivery. Lembre-se de colocar detalhes sobre o funcionamento em datas comemorativas e feriados nacionais.

Esse tópico ainda tem mais uma função importante: detalhar todos os benefícios do seu negócio. Em outras palavras, você deve mostrar fatos que serão vantajosos aos investidores.

Eles podem ser dos mais diversos tipos. Você pode, por exemplo, contar aos investidores que o seu estabelecimento está em uma zona comercial. Por isso, vocês recebem muitos pedidos nos dias da semana.

Estar no topo das prioridades de fornecimento também é uma outra vantagem importante. Se você possui uma boa relação com fornecedores, não deixe de detalhar o fato. Esse é o tipo de informação que atrai parcerias.

Gestão de negócios

Por fim, chegamos ao nosso último tópico do mais perfeito business plan para restaurante. No final das contas, a jornada não é tão complicada assim, certo? Não há motivos para desespero no momento da produção.

Mas vamos continuar: o que é a gestão de negócios e o que eu devo colocar nesse tópico? Simples, você deve contar sobre a chefia de diferentes operações.

Como dono do restaurante, você comandará tudo. Por isso, conte mais sobre você e sobre a sua formação.

Você ainda deve falar sobre os gestores de ramos específicos. Afinal, você não espera ser gestor da cozinha, das finanças, da administração e do atendimento de uma vez. Isso pode dar errado e trazer diversos prejuízos ao consumidor.

Além dos gestores, você pode detalhar mais sobre a atuação de alguns funcionários no seu business plan para restaurante. É importante notar que alguns funcionários podem ter funções superiores, comandando um grupo por exemplo. Se isso ocorrer, você deve relatar tudo!

Em termos gerais, são esses os tópicos que você deve garantir em um bom business plan para restaurante. Você pode personalizar o guia da melhor maneira que encontrar, para facilitar o acesso de futuros parceiros.

Qual é o tópico mais importante para o seu restaurante? Como você trabalhou nele? Deixe o seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *