Como escolher a música do seu restaurante?

Você já reparou no que os seus clientes pensam da música do seu restaurante? A música é responsável pela criação do ambiente e, assim, vai interferir muito na experiência do seu cliente.

Pela própria experiência como cliente, você já deve ter percebido que música muito alta incomoda no momento da refeição e que não ter música nenhuma pode ser pouco confortável.

Pode parecer uma questão pouco relevante, mas estudos comprovam como a música influencia diretamente no comportamento do cliente em um restaurante. Assim, se ele se sentir irritado com a música, vai ficar um pouco relutante em voltar. A música do seu restaurante já é um passo para chamar o cliente de volta. 

Uma playlist ruim pode afetar a qualidade de todo o planejamento do restaurante. Do mesmo modo que um atendimento péssimo pode arruinar a boa comida. Por isso, vamos te ajudar com algumas dica práticas para saber qual a melhor música para atender o perfil do seu cliente.

A música certa para a comida do restaurante

Janice Yang, pesquisadora da Universidade de Oxford realizou estudos que mostraram como o som influencia na recepção do sabor. Para esse estudo, ela foi mudando o som apresentado para cada uma das pessoas analisadas, que mantinham o mesmo vinho na boca por 30 segundos. A partir da mudança de som, elas passavam a sentir mais uma ou outra nota do vinho.

Já pensou se fosse o seu cliente sentindo um sabor “errado” na hora de comer a sua comida? Tudo bem, talvez o efeito final não seja tão destrutivo assim. Mas se você vende, doces, por exemplo, não vai querer acentuar as notas amargas de um prato, certo? Isso tem muito a ver com o perfil do cliente que vai até o seu restaurante e com a comida que está buscando.

Por isso é essencial conhecer o seu público. Assim você vai conseguir entender melhor como deve ser a música do seu restaurante para agradar os seus clientes enquanto fazem uma refeição. Para um público que busca tranquilidade, por exemplo, não tem muito a ver tocar uma música agitada, assim como um público mais agitado pode não ter paciência para sons muito calmos.

A música ajuda a induzir o consumo que você quer

Música ambiente é uma ótima forma de convidar seus clientes a permanecerem no seu restaurante. Assim, eles acabam consumindo mais e te dando um lucro maior. Para isso, uma boa opção seria um som instrumental, como música acústica ou piano.

Já se o seu objetivo é criar mais movimentação das mesas, é interessante apostar num som mais agitado. Assim, você faz com que os clientes não queiram ficar tanto tempo conversando na mesa. Isso dá mais espaço para receber mais clientes. Essa tática é boa para quem tem um ticket médio menor.

Música na medida certa

É essencial que a música do seu restaurante seja um complemento ao som ambiente. Isso faz com que o cliente consiga ter mais privacidade dentro de um ambiente com muitas pessoas. Afinal, não é nada legal jantar pensando se a mesa vizinha está escutando a sua conversa.

E é importante, por outro lado, prestar atenção em volumes excessivamente altos. Não há nada tão desagradável quanto estar fazendo uma refeição e não conseguir conversar por conta da música alta demais.

Outro aspecto que deve ser levado em conta é o posicionamento das caixas de som. Se houver mesas perto da saída de som, os clientes que estiverem muito perto dela vão querer ir embora o mais rápido possível. Os clientes que estiverem muito longe, por outro lado, podem achar a música baixa demais.

Por isso, é importante que você invista em caixas de som que possam ser posicionadas em locais estratégicos, que farão o som chegar de modo bem distribuído a todas as mesas.

E vale a pena lembrar da importância de cumprir a regularidade dos direitos autorais. Lembre-se que seu restaurante é um local comercial e que o uso de músicas nele é uma estratégia que tem fins lucrativos. Mas essa questão é bem simples de ser resolvida.

 

Essas foram algumas dicas para te ajudar a prestar atenção em coisas que muitas vezes passam despercebidas por muitos donos de restaurante. Essas não são regras fixa, então lembre de usar o bom senso e ouvir a opinião dos clientes.

Você já tem um cuidado especial com as músicas no seu restaurante? Conta pra gente se você tem alguma dica a mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *