NRF 2019 e as tendências para o mercado de alimentação fora do lar

Entre os dias 13 e 15 de janeiro de 2019 ocorreu em Nova York a maior feira de varejo do mundo: a NRF. Nela aconteceram exposições sobre o mercado de varejo, e foram apresentados cases de grandes empresas. Além disso, foram realizados fóruns de discussão sobre as tendências de produto e tecnologia.

Neste ano o evento discutiu muito sobre os próximos passos do relacionamento entre o mercado varejista e o uso de tecnologias de compra. Como diversos dos assuntos abordados na feira podem ser usados para o mercado de alimentação, vamos fazer um compilado das informações que consideramos mais relevantes.

Inteligência Artificial e satisfação do cliente

Os assuntos abordados durante a NRF conversam diretamente com o que os restaurantes vêm enfrentando nos últimos anos. A chave atualmente é pensar em eficiência e viabilidade operacionais. Afinal, o consumo na hora de comprar comida mudou e se tornou mais exigente.

O tema da personalização de compra, o qual tem sido muito discutido nos últimos anos, foi destaque no primeiro dia do evento. A atenção vai para a importância dos dispositivos móveis para que a marca mostre como conhece o cliente.

Atualmente a ligação entre cliente e marca se intensifica quando ele tem o formato de consumo pelo qual se interessa. A forma de agradá-lo é mostrar que ele tem a liberdade para escolher a marca que melhor atende às suas demandas.

Diversas discussões na NRF focaram em tópicos que relacionam a satisfação do cliente com a fidelização, o que deixa claro como esse fator será essencial ainda nos próximos anos. E é claro que nos dias de hoje é quase impossível dissociar a satisfação do cliente da praticidade da tecnologia. O importante é que ela saiba com quem está conversando e de que forma deve fazê-lo.

Se o cliente quer comprar rápido e de modo personalizado, é fundamental que a marca saiba entregar um serviço que abra essa possibilidade. Não basta oferecer a venda online aos clientes sem garantir que a experiência deles seja a melhor possível. Vale lembrar que também o momento da entrega deve ser levado em conta, com uma boa execução. Isso interfere no bom relacionamento pessoal ao qual a compra chegará, seja na entrega por motoboy ou retirada na loja.

Negócio multicanal

Não é apenas no meio online que vive o negócio. O bom relacionamento entre o online e o físico são fundamentais para um equilíbrio entre os diferentes públicos que consomem da sua empresa e as possibilidades do seu estabelecimento.

De um modo geral, é fundamental que o cliente veja que está sendo respeitado como consumidor. Entram aqui as questões que dizem respeito a um bom relacionamento com o cliente, que pode ser afetado se o processo de compra tiver algum impedimento – seja ele humano ou tecnológico.

Tornam-se fundamentais as tecnologias capazes de mostrar que a marca conhece os gostos do cliente e o quer agradar. Principalmente pelo fato de que os clientes mostram uma tendência a evitar contatos pessoais durante o período de compra. Dessa forma, o caminho de compra se encurta e automatiza, diminuindo o contato direto com o cliente. Quando isso acontece, é fundamental que haja uma forma de chamar a atenção do consumidor para que a comunicação com ele seja o mais eficiente possível.

Viabilizar boas experiências de compra online

Ainda que esse processo não seja assim tão simples, hoje é possível que estabelecimentos de perfis variados ofereçam um atendimento personalizado do tipo para seus clientes. Essa é justamente a proposta do Delivery Direto: criar um meio economicamente vantajoso para que os restaurantes possam fornecer um atendimento personalizado e eficiente para seus clientes. Tudo através da tecnologia, que é um fator essencial para a adaptação ao mercado atual.

As ferramentas que facilitam o processo de compra do cliente se mostram valiosas para toda a jornada desse consumidor. Desde o momento em que há a praticidade de o cliente refazer seu último pedido até o oferecimento de cupons especiais. Tudo colabora para um bom relacionamento com o cliente e para um posicionamento que se integra às expectativas de mercado.

Conclusão

O fator mais essencial que extraímos do que foi apresentado na NRF é a necessidade crescente de potencializar as vendas online através do uso de novas tecnologias. São muitas as possibilidades trazidas com o desenvolvimento de soluções online. Principalmente quando elas conseguem se comunicar bem com o meio offline também. Com mais opções para as vendas online, é natural que os clientes esperem uma maior qualidade desses serviços.

É fundamental que as vendas online sejam bem estruturadas. Nesse sentido, é essencial que as plataformas de venda online consigam estabelecer uma comunicação eficiente com os clientes. Isso certamente contribuirá para uma melhor relação com o cliente e com a forma como ele enxerga o seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *